Paramirim comemora intensamente o dia da Padroeira do Brasil

0
4806
Imagem de Nossa Senhora Aparecida
Imagem de Nossa Senhora Aparecida

Pelo que se sabe, o município de Paramirim conta hoje com quase quarenta capelas espalhadas ao longo de seu território. Algumas delas de origem muito antiga, outras de edificações mais recentes, todas elas, entretanto, consagradas a diversas entidades católicas.

Dentre as mais antigas estão as igrejas e capelas localizadas na sede do município, como também as de Canabravinha (Nossa Senhora da Graça), Pau de Colher (Santa Rita), Caraíbas (Senhora Santana) Bairro Beira da Lagoa (São José) e Saquinho (São João Batista).

Como não poderia deixar de ser, várias outras são dedicadas a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, como Baixinha, Caeira, Coruja, Mateus, Gameleira, e mais recentemente, a capela de São José no bairro do mesmo nome.

Nesta última, o culto a Nossa Senhora Aparecida foi introduzido pela família de Dona Libânia Moreno da Silva (Lili Moreno) por iniciativa do seu filho José Maria Moreno da Silva  que trouxe a imagem a Paramirim, adquirida em Aparecida do Norte, Estado de São Paulo. Segundo nos foi revelado, sua intenção era construir uma capela no Alto da Beira da Lagoa, mas como isso não foi possível, doou a imagem à Paroquia, sendo entronada na capela São José em 19 de março de 1983.

Em 01 de outubro do mesmo ano, inicia-se a novena, acompanhada pela comunidade com muita devoção. A primeira missa da festa foi celebrada pelo Pe. Pedro Olímpio dos Santos no dia em que se comemora a padroeira do Brasil, sendo festeiro o próprio Zé Moreno com Ioiô de Lorminda (Raimundo Antônio da Silva).

Dessa forma, a festa de Nossa Senhora Aparecida incorporou-se facilmente aos costumes do bairro e aos poucos está se tornando tradição. Além das celebrações religiosas, realiza-se também alvorada, leilões, entrada de festa e levantada do mastro na última noite de novena.

Valendo-se do espírito comunitário de seus moradores, o bairro São José sempre foi solidário aos eventos religiosos nele realizados, como bem prova a tradição criada em torno de sua capela. Muitas famílias têm assumido a responsabilidade dos festejos como pagamento de promessas, outras por devoção a santa, revezando-se a cada ano um novo procurador.

A cada ano que passa percebe-se que a devoção a Nossa Senhora Aparecida no seio da comunidade católica de Paramirim cresce constantemente, fato esse que se percebe não só pelas celebrações em diferentes comunidades, como também pelas manifestações de alegria em razão de uma graça recebida.

Durante o decorrer da data de ontem (12), a passagem do dia consagrado à Nossa Senhora Aparecida foi intensamente comemorado através do cumprimentos de votos  e grande queima de fogos de artifícios tanto no interior do município como na sede por todas as classes sociais em sinal da ardente fé que os seus devotos retribuem aos milagres recebidos. Pela cura de uma enfermidade de seu filho, comenta dona Maria José, 56 anos, moradora na periferia da cidade.                  “ Enquanto for viva e Deus me der forças, todos os anos, nesta data, acendo velas e solto uma dúzia de foguetes, para agradecer a Nossa Senhora a graça conquistada.”

Em abril do ano em curso, a Paróquia de Paramirim recebeu a excelsa visita da Virgem Conceição Aparecida, que por mais de uma semana peregrinou por todas as capelas do interior e por todos os bairros da cidade em preparação para à comemoração do Jubileu de Ouro da criação da Diocese de Nossa Senhora do Livramento a qual pertence a freguesia de Santo Antônio de Paramirim.

No bairro São José, mais uma vez houve celebrações concorridas por muitas famílias de devotos em louvor a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, cuja Basílica estará completando três Séculos no próximo ano.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui