Na Expo Rural de Caraíbas em Paramirim, o mix fez a diferença

0
6056
Na Expo Rural de Caraíbas em Paramirim, o mix fez a diferença
Expo Rural de Caraíbas

Quando se fala em produtor de eventos, logo se pensa em profissionais ligados à mídia e ao mundo artístico- cultural.

O que não é o caso do professor João Luiz Abreu de Castro, 58 anos, residente no povoado de Caraíbas, município de Paramirim, região Sudeste da Bahia.

Sempre focado na cultura regional, João Luiz tem realizado ao longo dos anos por iniciativa própria e com o apoio de amigos vários eventos comemorativos com grande aceitação pública, revelando-se assim um verdadeiro líder comunitário.

Formado em Letras e posteriormente em Educação Física com Licenciatura e Bacharel pela Faculdade de Americana, em 2012, preferiu a sua pacata Caraíbas para dar asas a sua vocação. Em 2007, funda a Casa da Cultura, um pequeno espaço onde preserva um acervo de peças antigas adquirido com seus próprios recursos e através de doações para mostrar às atuais e futuras gerações objetos de utilidades domésticas e ferramentas do trabalho rural, outrora usados pelos habitantes da região de Paramirim.

Com raízes ligadas ao campo e afinado com as tradições locais, o professor João Luiz usando a sua criatividade e perseverança tem se revelado um autêntico produtor de eventos. Basta dizer que a corrida de pedestres por ele realizada anualmente já se encontra na 34ª edição, a cada ano com maior número de participantes.

Atualmente, presta trabalho no Centro de Convivência de Caraíbas como facilitador na oficina de Educação Física. Conhece as principais pinturas rupestres do relevo de Paramirim e com essa bagagem vem dando uma valiosa contribuição como conselheiro da ONG Zabumbão. Já realizou torneio de futebol e se constitui no principal incentivador do Passeio Ciclístico Solidário.

Uma de suas mais recentes iniciativas foi a idealização da Primeira expo Rural de Caraíbas, realizada na tarde do último domingo (27), culminada com uma grande concentração na praça do mercado, um ambiente arborizado e aconchegante, onde foram apresentadas diversas atividades culturais como reisado, roda de viola, dança do carimbó, literatura de cordel, declamações de poesia e uma curiosa exposição de objetos antigos e fotos dos pioneiros de sua comunidade.

Segundo comentou a Diretora Gisele Sousa de Carvalho da Escola Áurea Pereira Guedes, o evento foi realizado nesta data como parte das comemorações da Semana do Folclore, tendo dele participado vários alunos da Creche Professora Maria Cardoso Castro com apresentações de um reisado típico da região, próprio para crianças.
A primeira grande atração da tarde foi o desfile de carros de bois e charretes circulando pelas ruas do povoado para mostrar a importância desses meios de transportes nas lides do campo, muitos deles puxados por possantes juntas de bois.

Assim, com diversos entretenimentos, ao som da viola e do zabumba, revezado pelos cantores da terra, a exemplo de Zé Silva e Nill Castro, ouvindo-se o rangido de pesados carros de bois, sentindo-se o aroma das comidas típicas da região e ouvindo poesias, repentes e uma boa música raiz, as famílias de Caraíbas e os visitantes que ali compareceram, tiveram uma inesquecível tarde de lazer, onde se falou mais alto a disposição do incansável professor João Luiz que a todo custo teima em querer o melhor para sua terra natal, através da preservação da cultura regional. Tudo isso expresso na Primeira Expo Rural de Caraíbas, onde o mix fez a diferença.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui