Lá se vai a água do Zabumbão!

0
5194
Barragem do Zabumbão, Paramirim, Bahia
Barragem do Zabumbão, Paramirim, Bahia

Desta vez é pra valer! Esta é a tônica do crescente movimento desencadeado em Paramirim para convencer o Governo Estadual a dar um basta ao projeto de contemplar várias cidades da região (algumas delas bem distantes) com adutoras procedentes da Barragem do Zabumbão.

Consciente do que poderá acontecer num futuro bem próximo e temendo um colapso total nas torneiras das comunidades já abastecidas com a água desta barragem, a população de Paramirim arregaçou as mangas e declarou guerra ao projeto, argumentando que se o mesmo for concretizado será o atestado de óbito da população já beneficiada. O Zabumbão foi construído para perenizar o Rio Paramirim e atender as justas reivindicações de seu povo, aliás, o único e exclusivamente a levantar a bandeira para conseguir este benefício concluído em 1997.

Uma vigorosa reunião realizada na noite de ontem, 20 de dezembro, na Sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paramirim com a presença de vários representantes da sociedade local mostrou que a população está unida e coesa em torno desse movimento e vai defender com “ unhas e dentes ” o seu patrimônio maior que é o Lago do Zabumbão.

Para se ter uma ideia do desfalque que o propalado projeto provocará se efetuado for, basta saber que o atual volume de água captado gratuitamente pela EMBASA na Barragem do Zabumbão será três vezes multiplicado através dos enormes dutos de 500 polegadas a ser empregados na mega canalização. Caso isto venha acontecer, brevemente, voltaremos a usar corotes e latas d’água na cabeça para o abastecimento, comenta um dos participantes.

Não queremos com isso dizer que outras cidades sejam privadas do precioso líquido, mas que Paramirim precisa defender as fontes de sua sustentação e sobrevivência é fato notório. Para tanto, necessário se faz criar um grande bloco de resistência, antes da “mina” secar. Do contrário, ficaremos a ver navios numa poça sem sustentabilidade. Se a água do Zabumbão for mais uma vez negociada: adeus projeto de irrigação, bye bye piscicultura, até um dia pecuária, nunca mais lazer e turismo. Então, você que está ai de braços cruzados, indiferente a esse grave problema social, vai pagar pela água que os outros beberam. Basta comparar o Zabumbão com a Barragem de Ceraíma em Guanambi. Procure se informar.

No fechamento dos trabalhos e prontos para o desencadeamento de diversas ações já entabuladas, os presentes elegeram uma comissão provisória composta de diversos setores da sociedade para coordenar o movimento, cujos nomes estão na ata da referida reunião. Junte-se a nós e participe dessa grande corrente. Você é um contribuinte da EMBASA, um cidadão paramirinhense, uma pessoa de crédito na sociedade, uma força economicamente ativa, ficar de fora dessa reivindicação é omitir-se e acomodar-se no banco do conformismo. Seus filhos e netos poderão sofrer por isso. Ai teremos que dizer MEUS PÊSAMES PARAMIRIM!.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui