Desvendado mistério do paramirinhense encontrado nas ruas de Uberlândia

0
4356
Paramirinhense encontrado nas ruas de Uberlândia
Da esquerda para a direita, Sebastião Barbosa Lima e Antônio da Silva Dalto.

Uma reportagem televisionada, levada ao ar há cerca de dez dias e posteriormente divulgada pelas redes sociais deixou a população de Paramirim cheia de interrogações.

É que a dita matéria versando sobre a onda de frio e uma certa campanha para arrecadação de agasalhos promovida por uma ONG entrevistou na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, um morador de rua que se identificou como natural do município de Paramirim.

Por conta disso, acendeu-se a chama da curiosidade de seus conterrâneos que incessantemente passaram a questionar quem era o Sr. Sebastião Barbosa Lima de 40 anos que dizia ser morador de rua e passava por sérios apuros em virtude da baixa temperatura em vigor no Triângulo Mineiro. Segundo a repórter “ Sebastião conta que é de Paramirim na Bahia, diz que veio para cá em busca de trabalho. Sem encontrar foi parar na rua. E o frio que está sentindo compartilha com várias pessoas. ”

Como sempre acontece em situações semelhantes, não faltaram hipóteses, suspeitas e piadas sobre o assunto, tudo por conta da criatividade popular, divulgadas pela divina internet. Também não faltaram providencias no sentido de esclarecer quem era de fato o entrevistado, a sua procedência, os seus familiares, para se promover a sua localização e o consequente resgate ao seio de sua família.

De acordo com o ditado, as pedras se encontram, quanto mais as criaturas. Sebastião foi encontrado graças à intervenção do Sr. Antônio da Silva Dalto (Antônio de Gilberto), outro paramirinhense residente em Uberlândia, conforme também se acha divulgado pelos grupos do WhatsApp de Paramirim.

Sebastião Barbosa Lima é filho do Sr. José Martins Lima (Dodô), morador na comunidade de Cipó, zona rural de Paramirim e de D. Izabel Leonídia Barbosa, já falecida. Foi aluno do professor Vanoel Marques Souza entre 1993 – 1995. Residiu alguns anos em São Paulo, apresenta distúrbios psicológicos, possui vários irmãos e pelo que se comenta será reconduzido a sua terra natal, conforme providência já tomada por alguns parentes e conhecidos.

Está aí pois, mais um mistério decifrado pelas redes sociais, tudo por conta de uma pequena reportagem televisionada, que ao abordar a questão do frio no Sul de Minas Gerais, acabou identificando um morador de rua na cidade de Uberlândia, natural de Paramirim. Uma história, diga-se de passagem, com final feliz, ao que nos parece até aqui.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui